Logo SEDUR

Sedur e sociedade civil discutem projeto de habitação para o Centro Histórico



Diversos segmentos da sociedade civil iniciaram uma discussão na tarde desta quinta-feira, 27, para construção de um projeto de habitação voltado para o centro antigo de Salvador, durante o 1 workshop Projeto de Habitação em Centros Urbanos, no Teatro Gregório de Matos. O encontro foi realizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), com participação da Fundação Mário Leal Ferreira ( FMLF).

 

O secretário da Sedur, Guilherme Bellintani, destacou as oportunidades que serão criadas para um assunto tão desafiador como a política habitacional. “Esse tema é um ponto de partida para uma política pública audaciosa e sensível, feita por meio de uma discussão coletiva. Desses temas encontramos as grandes saídas para o desenvolvimento da cidade”, afirmou. O Propósito é dar continuidade às discussões em eventos, que, em breve, terão o calendário definido.

 

As inovações das discussões para a criação das políticas para a área do centro são, para a presidente da FMLF, Tânia Scofield, um diferencial para começar a planejar projetos para a área, o que envolve o Centro como um todo. O projeto contemplará os eixo da habitação, da mobilidade, da regulamentação da Área de Proteção Cultural e Paisagística (APCP) discutida, e das sete Zonas Especiais de Interesse Social ( Zeis) da região. “As Zeis vão, dentre outras providências, garantir a permanência das famílias no local, afirmou a presidente.

 

A representante da União da Moradia Popular (UMP), Marli Carraro, afirmou que sua expectativa é que Salvador aprenda com as experiências bem-sucedidas que existem no país, como Belo Horizonte.

 

A secretária de habitação dos Ministério das Cidades, Maria Henriqueta, ressaltou a importância de projetos para impulsionar o desenvolvimento dos centros das cidades brasileiras ao mesmo tempo em que promove a dinamização da economia. ” A melhoria da economia local é muito direta e rápida, além da geração de emprego” afirmou.

 

Já o empresário Teodomiro Diniz Carmargos, que também participou ro evento, utilizou a sua bem-sucedida experiência de revitalização na área central de Belo Horizonte para falar sobre as possibilidades de um projeto para Salvador. “A governança, a existência de uma legislação voltada para adoçao de regras para esses locais e a segurança são pontos determinantes para que projetos nos centros sejam exitosos”, afirmou.

data de publicação: 27 de abril de 2017 - última revisão: 08/05/2017, 14:14

Av. Antônio Carlos Magalhães, 3244 - Caminho das Árvores, Edf. Emp. Thomé de Souza • CEP: 41.820-000 Telefone: (71) 3202-9600

Copyright © 2015. SEDUR - Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo. Todos os direitos reservados.