Logo SEDUR
Pesquisar Documento

Sedur faz operação para fiscalizar estabelecimentos após novo decreto

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) intensificou, nesta quarta-feira (9), as fiscalizações do cumprimento dos protocolos por parte dos estabelecimentos da cidade que tiveram seu funcionamento alterado, no decreto que entrou em vigor hoje, suspendendo, por um período de 14 dias, as atividades em cinemas, teatros e demais casas de espetáculos, atividades sociais como festas, bares e lanchonetes nos clubes sociais, recreativos e esportivos, e a alteração no funcionamento de bares e restaurantes nos bairros do Rio Vermelho e Itapuã, de sexta-feira a domingo, a partir das 17h



A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) intensificou, nesta quarta-feira (9), as fiscalizações do cumprimento dos protocolos por parte dos estabelecimentos da cidade que tiveram seu funcionamento alterado, no decreto que entrou em vigor hoje, suspendendo, por um período de 14 dias, as atividades em cinemas, teatros e demais casas de espetáculos, atividades sociais como festas, bares e lanchonetes nos clubes sociais, recreativos e esportivos, e a alteração no funcionamento de bares e restaurantes nos bairros do Rio Vermelho e Itapuã, de sexta-feira a domingo, a partir das 17h.

 

De portas fechadas, com um aviso de fechamento temporário, o Uci Orient, espaço de cinema do Shopping da Bahia, na região do Iguatemi, foi o primeiro a ser vistoriado pela equipe, que não encontrou nenhuma irregularidade. Ponto positivo, segundo o coordenador de fiscalização da Sedur, Everaldo Freitas que acrescentou “que as atividades estão sendo suspensas para que não haja a disseminação da doença, porque são locais vulneráveis para que ocorra a transmissão”.

 

Everaldo ressaltou que, além do encerramento antecipado do funcionamento dos bares e restaurantes nos bairros Rio Vermelho e Itapuã, as atividades informais dos ambulantes, que ficam no entorno dos bares, também devem ser encerradas às 17h. “Nos próximos dias, vamos continuar com as fiscalizações intensivas em conjunto com outros órgãos, para que seja garantida essa ação que tem como foco salvar vidas, essa é uma nova etapa de uma batalha pela vida, onde precisamos envolver e contar com a compreensão de toda a sociedade”, advertiu.

 

O aposentado Manoelito Japiaçu, 62, que foi ao shopping resolver pendências pessoais, pontuou o “desrespeito e relaxamento da população”, como principal causa para que as novas medidas fossem tomadas. “Os espaços foram reabertos para que as pessoas usassem com consciência, mas o que vemos é o desrespeito e o relaxamento das pessoas. Entram e saem sem máscara no metrô, tiram do rosto pra comer e não colocam de volta, pensam que a doença já foi controlada”.

 

A Sedur vai continuar fiscalizando o cumprimento dos protocolos por parte dos estabelecimentos da cidade. Quem não seguir as medidas está sujeito à interdição e, se houver reincidência, autuação e cassação do alvará.

data de publicação: 9 de dezembro de 2020 - última revisão: 14/12/2020, 10:40

Av. Antônio Carlos Magalhães, 3244 - Caminho das Árvores, Edf. Emp. Thomé de Souza • CEP: 41.820-000

Copyright © 2015. SEDUR - Secretaria de Desenvolvimento Urbano. Todos os direitos reservados.