Logo SEDUR
Pesquisar Documento

Segunda fase da retoma completa um mês com 123 interdições

Nesta quinta-feira (10), a segunda fase da retomada das atividades em Salvador completa um mês e registra a soma de 123 estabelecimentos interditados por descumprirem os protocolos de funcionamento determinados pelo município. A força-tarefa da Prefeitura fechou 120 bares, restaurantes e similares, além de duas academias e um box de crossfit



Nesta quinta-feira (10), a segunda fase da retomada das atividades em Salvador completa um mês e registra a soma de 123 estabelecimentos interditados por descumprirem os protocolos de funcionamento determinados pelo município. A força-tarefa da Prefeitura fechou 120 bares, restaurantes e similares, além de duas academias e um box de crossfit.

 

Os bares foram responsáveis pelo maior número de interdições. Os agentes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e policiais militares, que compõem a força-tarefa, interditaram 106 bares por desobedecerem o horário máximo de funcionamento até as 23h, além da falta do uso de máscara e aglomeração de pessoas. São Marcos, Barris e Ribeira lideram a lista como os bairros onde foram encontradas mais irregularidades.

 

“É importante que os empresários e a população se conscientizem que a pandemia ainda não acabou e é preciso seguir as regras para garantir a segurança de todos. Manteremos uma fiscalização ostensiva para se fazer cumprir a determinação da Prefeitura”, afirma o titular da Sedur, Sérgio Guanabara.

 

A retomada das atividades em Salvador teve início no dia 24/07 com a liberação do funcionamento dos shoppings e lojas maiores de 200 metros quadrados. Desde então, a força-tarefa já vistoriou mais de 27 mil estabelecimentos, interditou 149 e cassou sete alvarás.

data de publicação: 10 de setembro de 2020 - última revisão: 14/09/2020, 14:29

Av. Antônio Carlos Magalhães, 3244 - Caminho das Árvores, Edf. Emp. Thomé de Souza • CEP: 41.820-000 Telefone: (71) 3202-9600

Copyright © 2015. SEDUR - Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo. Todos os direitos reservados.