Logo SEDUR

Licença para Construção de Habitação de Interesse Social

você está em Site SEDUR » Serviços » Carta de Serviços » Construção » Licença para Construção de Habitação de Interesse Social




Código: C-EM-207 | Revisão: 37 | Data: 06/01/2016


Descrição

Alvará de Licença para Construção em terrenos até 125m² com área construída até 70m².


Agora ficou mais fácil licenciar este serviço. Para mais informações, acesse www.simplifica.salvador.ba.gov.br.


banner


Para empreendimentos com as características relacionadas abaixo, o licenciamento continuará sendo feito de forma presencial na sede da SEDUR:


  • · terrenos em esquina
  • · pleito de IPTU Verde
  • · pleito do Programa Revitalizar
  • · quando ultrapassar o Coeficiente de Aproveitamento Básico (CAB)
  • · Conforme Art. 8º, Lei 9.281/2017, “quaisquer obras em áreas de domínio público pleno, e/ou localizadas nas Áreas Especiais não regulamentadas, e/ou atingidas por Planos Funcionais de Sistema Viário, e/ou áreas inseridas em Decreto de Desapropriação, e/ou sem Zoneamento de Uso e Ocupação Municipal previamente aprovado.”

São Áreas Especiais:


I - áreas integrantes do Sistema de Áreas de Valor Ambiental e Cultural–SAVAM e Áreas de Preservação Permanente – APP;


II - áreas sujeitas à legislação especifica:


a) áreas e/ou imóveis tombados ou protegidos por legislação federal, estadual ou municipal e seu entorno; b) faixas de domínio dos sistemas de infraestrutura, tais como adutoras, dutovias, linhas de transmissão, rodovias, pontes, viadutos, túneis, infraestrutura de transporte de alta e média capacidade e via arterial I; c) zonas de proteção do entorno das edificações militares, zonas de proteção de aeroportos, aeródromos, helipontos e heliportos; d) ilhas municipais, sem Zoneamento de Uso e Ocupação aprovado; e) lotes dos loteamentos Vela Branca e Itaigara; f) área de Borda Marítima (ABM), à exceção das Ilhas Municipais com Zoneamento de Uso.”



Para consultar a relação dos serviços isentos de licenciamento (grupo I, Código de Obras - Lei 9.281/2017), clique aqui.


Para mais informações sobre o licenciamento presencial, consulte as informações abaixo.

Documentação Exigida

Anotação/Registro de Responsabilidade Técnica (ART/RRT) do autor do projeto, devidamente quitada
No ato do protocolamento do processo, será exigida a Regularidade do Credenciamento Profissional do responsável pelo Projeto Arquitetônico, junto à SUCOM. APENAS PARA PROJETOS ELABORADOS POR PROFISSIONAIS AUTÔNOMOS.

Apenas para projetos elaborados pela SINDEC/Coordenadoria de Habitação

Autorização do proprietário do imóvel, quando o nome do requerente não constar da escritura

Certidão Negativa de Débitos Imobiliários (IPTU/TRSD) dentro do prazo de validade.

Certidão Negativa de Débitos Mobiliários (ISS/TFF) dentro do prazo de validade.

Contrato de Compra e Venda e Certidão de Área emitida pela CAP/SEFAZ, ou Escritura registrada em Cartório de Imóveis, para terrenos com área até 125(cento e vinte e cinco)m2

Ficha de Vistoria emitida pela SINDEC
Apenas para projetos elaborados pelo SINDEC/COHAB.

Planta Baixa dos diversos pavimentos
Em 02 (duas) vias, com as convenções relativas a ampliação e reforma (elementos a manter = linha cheia; elementos a demolir = linha tracejada e elementos a executar = linha cheia e sombreado).

Planta de Localização do imóvel com pontos de referência

Planta de Situação
Em 02 (duas) vias - limites do terreno com suas cotas exatas e posições do meio fio; - orientação do terreno em relação ao norte verdadeiro; - delimitação da edificação, no terreno, devidamente cotada; - indicação da existência de edificações e/ou atividades vizinhas com número de porta; - área construída total e por pavimento; - área acrescida; - área ocupada, área terreno e área permeável; - área construída para efeito de cálculo do índice de utilização.

Planta de Situação com esquema de esgoto
Em 02 (duas) vias.

Planta de cortes ou seções longitudinais e transversais
Em 02 (duas) vias.

Planta de elevação de fachadas voltadas para os logradouros
Em 02 (duas) vias, caso haja alteração de fachada.

Procuração do requerente, caso a solicitação seja feita por terceiros (Deverá constar, obrigatoriamente, os seguintes dados do outorgante: nome completo, CPF, RG, endereço completo e telefone (com firma reconhecida em cartório ou acompanhada da cópia do RG do outorgante e do outorgado)) Clique aqui para download do Modelo de Procuração

Para seu maior conforto, efetue o pagamento da taxa de expediente antes de comparecer à SEDUR em qualquer ponto de atendimento do Bradesco ou Banco do Brasil.

 

Agora ficou mais fácil licenciar este serviço. Para mais informações, acesse www.simplifica.salvador.ba.gov.br

banner


Taxas

Descrição Valor (R$)
Taxa de Alvará 20,59
Taxa de Expediente 16,09

Valores definidos com base na Lei nº 7.186/2006 (Código Tributário e de Rendas do Município), no Decreto nº 7.880/1987 (Preços Públicos do Município) e suas tabelas atualizadas para o exercício de 2018. Em alguns serviços será cobrada a taxa de licenciamento para a emissão do alvará.

Informações

Caso o projeto não atenda os padrões de interesse social, será enquadrado como padrão popular, com cobrança da taxa de licenciamento e apresentação de responsável técnico(ART).

Caso o projeto não seja elaborado pela SINDEC - COHAB, não será necessário apresentação de ficha de vistoria.

Nos casos de Habitação Popular, para terrenos com área acima de 125(cento e vinte e cinco)m2, apresentar Escritura registrada em Cartório de Imóveis.

Prazo de Atendimento

20 dias úteis.

As diligências que dependerem do requerente, interrompem quaisquer prazos.

Local e Horário de Atendimento

Central de Atendimento da SEDUR - Av. Antônio Carlos Magalhães, 3244 - Edf. Empresarial Thomé de Souza, Térreo - Iguatemi - 2ª a 6ª das 9h às 17h.

Av. Antônio Carlos Magalhães, 3244 - Caminho das Árvores, Edf. Emp. Thomé de Souza • CEP: 41.820-000 Telefone: (71) 3202-9600

Copyright © 2015. SEDUR - Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo. Todos os direitos reservados.